SEO para Sites e Blog, SEo para Google, SEO Técnico, SEO para loja Virtual, SEO on-page, SEO off-page, mobile SEO, SEO local, SEO para o YouTube, SEO para o Bing, SEO Middleman, SEO para Sex Shop e Conteúdo Adulto, SEO para E-A-T, SEO para Google Play e Apple Store
De podcasts a microvídeos: conheça as principais tendências do YouTube em 2021
De podcasts a microvídeos: conheça as principais tendências do YouTube em 2021

De podcasts a microvídeos: conheça as principais tendências do YouTube em 2021

No ano em que a permanência da pandemia conviveu com a esperança de dias melhores, o YouTube continuou sendo um espaço de encontro para muita gente. Entre gêneros popularizados pelo YouTube, como gameplays e unboxing, a formatos renovados na plataforma, como entrevistas em videocasts, milhares de vídeos cativaram milhões de pessoas no Brasil todo. Veja abaixo as principais tendências do YouTube em 2021:

Para ver e ouvir

Entrevistas com nomes de destaque foram um dos maiores sucessos desse ano no Brasil, e o YouTube teve um papel fundamental nesse cenário. Sempre em formato informal, os podcasts em vídeo reuniram brasileiros influentes das mais diversas áreas — do esporte à política, da música à ciência.

Os principais criadores desse nicho que não para de crescer foram Tata Estaniecki e Boo Unzueta, do Pod Delas, e a dupla Mítico e Igão, do Podpah. Os dois canais lideram a onda de podcasts brasileiros no YouTube com uma fórmula que junta simplicidade, uma grande diversidade de ideias, histórias de vida que o público adora conhecer e boas risadas.

Não por acaso, um dos vídeos no Top 10 Tendências do Brasil em 2021 é a participação do rapper mineiro Sidoka no Podpah. Outro vídeo que aparece nessa lista é a conversa com a criadora Virgínia Fonseca no PodDelas. Juntas, essas entrevistas acumulam mais de 15 milhões de visualizações.

No topo do topo

A própria Virgínia Fonseca é uma das criadoras brasileiras que mais ganhou relevância em 2021. Com vídeos que mostram momentos descontraídos e retratam seu dia a dia com o marido, o sertanejo Zé Felipe, a creator alcançou a marca de quase 10 milhões de inscritos no seu canal. Esse foi também o número de visualizações do vídeo do nascimento de sua filha, Maria Alice, até aqui a publicação mais popular do seu canal.

Felipe Neto segue no topo das tendências do YouTube. Uma das personalidades mais influentes do Brasil, ele continua a quebrar barreiras com gameplays e vídeos que vão de dicas inusitadas aos já conhecidos desafios — como o vídeo em que ele usa diferentes tipos de lentes de contato.

Quem manda no game

O mundo dos games, aliás, segue em franco crescimento no YouTube. Vídeos de tutoriais, competições ou simplesmente momentos vividos no metaverso viram sua popularidade crescer ainda mais no Brasil nesse último ano.

Dentro desse nicho gamer, Felipe Neto mais uma vez é um dos grandes nomes que se comunicam com seu público por meio do YouTube, mas ele não está sozinho. Os criadores Robin Hood Gamer e Geleia também conquistaram números relevantes neste ano. Sempre jogando Minecraft, esses dois criadores somam pouco mais de 20 milhões de inscritos em seus canais.

Outros títulos que têm feito muito sucesso no YouTube são MMORPGs, como GTA RP, games de sobrevivência e jogos de tiro do tipo “battle royale”. A final mundial de Free Fire, uma das franquias mais populares do Brasil, teve 12 milhões de visualizações e entrou na lista das Top Tendências no país.

Música muito popular brasileira

Para um país tão musical quanto o Brasil, com inúmeros artistas de sucesso, é natural que a música tenha uma posição relevante no YouTube. O que não deixa de ser uma surpresa é observar o peso dos artistas locais no Top 10 nacional da plataforma — e como ela segue como espaço fundamental para todos os gêneros musicais que fazem sucesso no país.

O número 1 do ano ficou com o hit sertanejo “Batom de Cereja”, da dupla Israel & Rodolffo. E o funk também se manteve no topo do ranking com seus clipes. O destaque vai para o MC Poze do Rodo, que entrou na lista duas vezes com os clipes de “Vida Louca” e “Nós Incomoda”.

O trio formado por MC Don Juan, Davi e Pedrinho conseguiu um lugar no Top Brasil com “Bipolar”, clipe que tem mais de 200 milhões de visualizações, seguido de perto por “Coração Gelado 2”, faixa do DJ Boy com 187 milhões de acessos.

O tempo da risada

Em um ano ainda marcado pela pandemia, rir continuou sendo um bom remédio para aliviar as tensões. Por isso o YouTube se manteve como uma importante janela para criadores do mundo da comédia. De jovens criadores a atores experientes, muitos viram na plataforma um espaço de publicação indispensável.

Uma das maiores personalidades do humor brasileiro, Whindersson Nunes entrou no Top Tendências do país com seu vídeo “PSIQUIATRA”. O vídeo, uma espécie de “monólogo a dois”, consegue trazer riso e reflexão ao abordar o tema do luto e da saúde mental — e chegou a quase 11 milhões de visualizações no YouTube.

A consolidação do Shorts

O mundo da comédia também se mostrou pioneiro ao abraçar o YouTube Shorts. Lançado no final de 2020, o formato de microvídeos do YouTube se tornou uma ferramenta muito utilizada por humoristas que conseguem encaixar uma piada em poucos segundos graças a sacadas inteligentes e truques de edição.

Nessa onda, canais como Irmãos LemosO Netinho e Léo Léo, repletos de esquetes curtíssimas e divertidas, alcançaram bilhões de visualizações.

Há também espaço para quem transita entre diferentes temas, como Jooj Natu e Clepton: ambos usam humor para abordar o mundo dos games e da cultura pop em vídeos curtos. Canais como Guilherme Tank, com receitas e dicas para o dia a dia, e DinoSonso, repleto de paródias de filmes e vídeos comoventes, mostram que o Shorts ainda é um recurso com muito a ser explorado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *