SEO para Sites e Blog, SEo para Google, SEO Técnico, SEO para loja Virtual, SEO on-page, SEO off-page, mobile SEO, SEO local, SEO para o YouTube, SEO para o Bing, SEO Middleman, SEO para Sex Shop e Conteúdo Adulto, SEO para E-A-T, SEO para Google Play e Apple Store
5 conselhos de líderes globais para investir em diversidade na sua empresa
5 conselhos de líderes globais para investir em diversidade na sua empresa

5 conselhos de líderes globais para investir em diversidade na sua empresa

Anna Vainer é a fundadora da #IamRemarkable, iniciativa global do Google que procura empoderar as pessoas a desenvolver a autoconfiança e autopromoção, especialmente entre indivíduos de grupos sub-representados.

Sabemos que a diversidade dentro das organizações leva a melhores produtos, ideias mais poderosas, maior envolvimento do cliente e melhor desempenho financeiro.

Uma pesquisa da McKinsey mostra que empresas que investem em diversidade de gênero, racial e étnica têm maior probabilidade de ter retorno financeiro acima da média. Outra pesquisa mostra que as empresas com maior equidade em seus locais de trabalho têm mentalidade de negócio significativamente mais inovadora, o que as ajuda a prosperar e crescer.

No entanto, grupos sub-representados permanecem sub-representados, mesmo em meio a movimentos como o Black Lives Matter e aos apelos da sociedade por uma maior diversidade e representação.

Enquanto alguns líderes pensam nas próximas etapas para promover diversidade, equidade e inclusão em suas organizações, sabemos também que inúmeras empresas ainda estão lutando para dar os primeiros passos.

No Google e em outras grandes empresas globais, como Amazon, Ford, Omnicom, Nestlé, Accenture e GSK, estamos dedicando esforço e reflexão para resolver esses problemas internamente. As empresas menores também podem fazer mudanças.

Aqui, mostramos algumas dicas, vindas diretamente de líderes globais, para apoiar e promover grupos sub-representados em sua força de trabalho:

Dica #1: Realizações não falam por si mesmas

Para impulsionar uma mudança verdadeira, devemos também encorajar os indivíduos a se autopromover e a falar abertamente sobre suas realizações.

A frase “realizações não falam por si” pode soar dura, mas muitos líderes veem um valor significativo nesta simples linha, que se tornou um mantra no #IamRemarkable e em muitas organizações de grande porte.

“Se não falarmos por nós mesmos, [nossas realizações] passarão despercebidas na maior parte do tempo”, disse Koro Castellano, da Amazon, que se tornou diretora do Prime Video na Espanha após liderar os esforços globais de diversidade e inclusão na empresa.

“Nós, como líderes, precisamos liderar pelo exemplo. Se pudermos falar abertamente sobre nossas realizações no local de trabalho, nossas equipes se sentirão inspiradas e capacitadas para fazer exatamente a mesma coisa.”

5 conselhos de líderes globais para investir em diversidade na sua empresa - Inline 01

Algumas normas culturais, muitas ligadas ao gênero, fazem a modéstia parecer algo positivo, o que, combinado à síndrome do impostor, muitas vezes impede as pessoas de reconhecerem e expressarem suas próprias realizações. Isso reprime indivíduos e empresas no mundo inteiro. Os líderes empresariais têm a responsabilidade de incentivar os membros de sua equipe a se manifestar.

A presidente e diretora sênior da Accenture na Índia, Rekha Menon, diz fazer questão de “virar os holofotes” para os indivíduos na organização “que estão hesitantes, e diz a eles que não há problema em ter confiança e falar sobre [suas] habilidades”.

Uma dica prática para gerentes: incentive os membros da equipe a discutirem suas realizações com um colega no qual confiam. Isso é especialmente importante em sua organização para grupos sub-representados. Esse simples ato por si só pode aumentar a autoconfiança individual e deixar as pessoas mais confortáveis com a autopromoção.

5 conselhos de líderes globais para investir em diversidade na sua empresa - Inline 02

Dica #2: “Não é ‘contar vantagem’ se for baseado em fatos”

Castellano, da Amazon, disse que teve um “momento a-ha” quando ouviu o conselho: “Não é ‘contar vantagem’ se for baseado em fatos”. Essa percepção do movimento #IamRemarkable pode levar a uma mudança de mentalidade tanto individual quanto organizacional.

“Aquilo me impactou”, disse Castellano. “Estamos acostumados a confiar em dados e fatos quando defendemos nossos projetos e iniciativas. Mas, curiosamente, não fazemos isso quando falamos sobre nós mesmos ou sobre nossas realizações. Tendemos a esquecer isso. Nós nos comprometemos com regras de falsa modéstia.”

Os líderes devem encorajar suas equipes a falar sobre suas realizações com base em fatos e isso deve ser feito com frequência. A autopromoção deve se tornar um hábito, em vez de um evento único, disse Castellano.

5 conselhos de líderes globais para investir em diversidade na sua empresa - Inline 03

Dica #3: Capacite sua equipe promovendo redes de apoio

Os funcionários não se sentirão incentivados a falar sobre seus feitos se não tiverem apoio dentro da organização. Um único aliado é bom, mas, especialmente para grupos sub-representados, uma rede de apoio maior é bem melhor.

Os gerentes podem não ser capazes de dar feedback e apoio regulares a todos os funcionários, mas podem encorajar os membros da equipe a criar laços, oferecer orientação informal ou formar pequenos grupos para apoiar os colegas.

“Um dos conselhos que tenho dado às pessoas é para ter alguém em quem você confia, que está frequentemente em suas reuniões, observando você, para te dar feedback e dicas”, disse Meredith Herman, vice-presidente de marketing global da GSK Consumer Healthcare.

Esse feedback em tempo real é crucial para o avanço na carreira, disse ela, observando que os companheiros dentro de uma organização — além dos gerentes — são uma ótima opção para obter assistência construtiva regular.

A diretora de marketing global da Nestlé, Aude Gandon, deu um conselho semelhante. “Fale com as pessoas ao seu redor. Às vezes, se você estiver inseguro, isso o ajudará a se sentir mais autoconfiante.”

5 conselhos de líderes globais para investir em diversidade na sua empresa - Inline 04

Dica #4: Crie reuniões de escuta

Em 2020, os executivos da Ford reagiram à pandemia criando reuniões internas de escuta com pessoas de grupos sub-representados. Parece simples, mas fez uma grande diferença.

“Todos os líderes seniores conduziram reuniões de escuta”, disse Rekha Wunnava, diretora global de design automotivo e construção de TI da Ford. “É incrível a quantidade de insights que você consegue reunir e as pessoas realmente sentem que estão sendo vistas e ouvidas como nunca.”

As reuniões foram criadas por Amal Berry, principal gerente da empresa no setor de diversidade global e esforços de inclusão, depois que ela notou que a pandemia estava exacerbando as desigualdades sociais. Essa iniciativa evoluiu para encontros quinzenais entre gerência e funcionários para compartilhar informações e se conectar sobre questões importantes.

Dica #5: Inscreva-se para receber prêmios

Sabe uma ótima maneira de inspirar e motivar suas equipes? Incentive indivíduos de grupos sub-representados a se candidatar a prêmios, disse Peter Horgan, CEO do Omnicom Media Group AUNZ.

“Comemore os grandes exemplos de mulheres e de diversidade que você tem no seu negócio e, em particular, os que cresceram em hierarquia e lideram”, disse ele. “Incentive-os a entrar em competições comerciais.”

Este reconhecimento externo pode iluminar uma equipe merecedora e oferecer inspiração para o resto da equipe.

5 conselhos de líderes globais para investir em diversidade na sua empresa - Inline 05

Para obter mais dicas organizacionais e insights de carreira, acesse a nossa série global #IamRemarkable Week – conteúdo disponível em inglês. O evento online aborda temas como diversidade, inclusão e autopromoção, atraindo mais de 30 mil participantes de 70 países. Para explorar mais, visite o site #IamRemarkable.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *